Logo oficial do site versão móvel

Guaraná

O guaraná é um tônico do sistema nervoso, mais duradouro e são que o café. É um vasodilatador, aumenta as ereções e ajuda como integrante aos ejercícios de agrandamento do pênis, também favorece o esforço físico e finalmente incrementa indiretamente a libido.

O guaraná é superior ao café. O guaraná é mais energético o que o café. Ajuda para melhores ereções. É um poderoso vasodilatador. Favorece os ejercícios do pênis. Favorece o esforço físico. Incrementa indiretamente a libido. Não da a mesma dependência do café.

Guaraná (Paullinia Cupana)

O guaraná é um arbusto que pertence à família das sapindáceas e seu nome científico é paullina cupana. Provem da floresta amazônica nas regiões que pertencem ao Brasil, Uruguai e Venezuela. O arbusto pode atingir até três metros de altura, possui folhas compostas por cinco folinhas ovaladas, com flores brancas e frutos em cachos parecidos com os do café, que se avermelham quando maduros e que contém uma semente preta. Cultiva-se sobretudo no sudeste do Brasil e é colhido e processado da mesma maneira que o café. O guaraná tem prorpiedades excepcionais que o homem utiliza desde sempre. É considerado pela medicina natural como uma das plantas medicinais mais preciadas que a natureza oferece, um alimento de vida. Proporciona bem-estar, energia e ao mesmo tempo beneficia o organismo.

Princípios ativos

Contém xantinas(1) como guaranina, cafeína, teofilina(2), teobromina(3), catcol(4) e guratinina. Contém também magnésio, ferro, zinco, potássio, cálcio, vitaminas e lipídeos. Portanto é tudo um programa.

Características e atividades do guaraná

Seu princípio ativo mais estimulante é sem dúvida a guaranina, com composição e efeitos parecidos aos da cafeína e presente em maiores quantidades a respeito do café; o guaraná, contém também cafeína com uma concentração de 4,28%, mas a presença de outros componentes faz com que o organismo possa utilizá-la sem os típicos efeitos conhecidos da cafeína. Efetivamente, o consumo de guaraná não produz fenômenos de agitação nervosa ou insônia, já que o alcalóide cafeínico é assimilado lentamente pelo organismo e contráriamente ao que acontece com o café, a cafeína não atinge nunca altas concentrações no sangue e também não contém outras substâncias excitantes como o furfural(5), presentes no café.

Portanto, tem um efeito estimulante do sistema nervoso central e do sistema cardiovascular. Além disso, como mencionamos antes, a ação da cafeína contida no guaraná é mais lenta e duradoura com a respeito da que contém o café e isso ajuda a queimar as gorduras e a suportar melhor o estímulo da fome.

Os índios Maués utilizavam o guaraná diariamente e possuiam uma vitalidade e uma longevidade excepcionais, daí o nome com o que o fruto é conhecido no Brasil: fruto da juventude. Os índios da Amazônia, graças ao consumo cotidiano de guaraná, estão sempre em forma e vivem cem anos. Utilizando o guaraná em pequenas doses desde a infância, junto com o leite materno e chega a fazer parte de sua cozinha e de sua alimentação. Trata-se pois dum alimento medicinal que mantém os homens fortes e vigorosos até idades avançadas e ajuda as mulheres a crecer com uma pele sedosa, sem rugas e sem celulite. Não por nada, o guaraná é considerado naquelas partes como um elixir de longa vida.

O guaraná como afrodisíaco

O guaraná tem também propriedades afordisíacas, efetivamente, com as doses terapéuticas mostra uma ação vasodilatadora. Trata-se pois de mais uma alternativa natural ao Viagra, com um efeito tônico e energético como bônus. Sua ação afrodisíaca se manifesta em maior capacidade, ter ereções e maior excitabilidade sexual.

A opinião científica sobre o guaraná

O primeiro que observou os efeitos benéficos do guaraná foi o padre jesuíta João Bertendorf, enquanto o primeiro que efetuou estudos científicos sobre o tema foi o médico brasileiro Louis Pereira Barreto. Enquanto a geriatra de fama mundial e descobridora do Gerovital H-3, a doutora rumena Aslan, expressou conclusões entusiastas sobre o produto quando, no curso duma viagem de estudos no Brasil, definiu-o como "uma das poderosas e eficazes fontes de juventude".

E por último, vale a pena mencionar a opinião da severa Food and Drug Administration, que definiu o guaraná como um alimento profundamente saudável no melhoramento da forma física e psíquica e acrescentou-o com pleno direito na lista das substâncias seguras e sem riscos.

Propriedades terapéuticas do guaraná

Os efeitos na mente e no físico, também cientificamente documentados, são muitos: o guaraná tem ações antidepressivas (inibe uma enzima, a manoamutosidasis), e antienvelhecimento, prevê as alterações cardiovasculares e impulsiona a produção endôgena de colesterol HDL no fígado: o efeito antialterioesclerótico que consegue, justifica a fama de "elixir de longa vida" que já nos séculos passados corria entre os índios brasileiros. Possui também uma ação diurética em casos de retenção hídrica e também uma ação antiinflamatoria intestinal, uma ação reguladora da motilidade intestinal, útil tanto no caso de esticamento quanto no caso de diarréia. O guaraná é também antifermentativo e antidecompositório, calmante em caso de nevrálgias e hemicraneais, mas a relação dos efeitos benéficos sobre o organismo é ainda mais longa.

O guaraná reduz a sensação de fome, pode beneficiar no curso duma dieta e ao mesmo tempo é um tônico tanto do físico quanto da mente, pode também ser útil em aliviar os cansaços mentais nos estudantes nos períodos mais absorventes, por exemplo, em tempo de exames. Mas sobretudo, o guaraná aumenta a resistência do organismo ao cansaço, pois ajuda no esporte e sobretudo como integrador de cultura física.

Sem falar de suas dotes de afrodisíaco: o aumento da libido e da potência sexual é algo provado. Claro, o guaraná não contém diretamente princípios ativos que melhoram a libido, mas já que favorece esforço físico e já que o esforço físico favorece a produção de testosterona, o resultado é também um aumento na libido, a condição de fazer exercícios.

Às vezes um tratamento de poucas semanas é suficiente, sobretudo quando se utiliza como coadjuvante no tratamento da abstinência sexual de todas as idades.

Indicações de uso

Na forma mais pura, podemos derreter uma ponta de colher em pouca água e se o tomarmos numa hóstia, podemos tomá-lo uma ou duas vezes por dia. Quando não está em seu estado natural e está disponível em pílulas ou gotas, aconselhamos uma dose dum par de gramas diários. Podemos tomar também um só grama quando o guaraná é acompanhado por outros suplementos alimentícios para combater os sintomas do envelhecimento. Mas, pelo geral, respeitar as doses aconselhadas pelo mesmo produto. Se além disso tem a sorte de encontrá-lo em forma de "café", pois é, adote o velho método!

O guaraná está contra-indicado aos hipertensos ou aos que sofrem doenças cardiovasculares, em tal caso não se pode tomar antes de consultar o médico. Além disso, os que sofrem de cálculos nos rins terão que tomar cuidado e consumir um produto que não contenha cálcio.

Contra-indicações

Apesar de que o guaraná seja mais são que o café, por causa de seu alto teor de cafeína, evite as doses excessivas. Não usar durante a gestação e em caso de hipertensão, de cardiopatias e de diabetes, consulte o seu médico primeiro.

Disponibilidade

O guaraná está normalmente disponível na herboristeria ou nas lojas de suplementos alimentícios.

==============================
(1) Xantina: (química) Base purínica difusa no reino animal vegetal que representa um intermediário na degradação celular das bases purínicas presentes nos ácidos nucléicos. {voltar ao topo}
(2) (farm.) alcalóide estimulante do sistema nervoso central, empregado como dilatador das coronárias, como diurético e antiasmático. {voltar ao topo}
(3) Alcalóide contido nas sementes de cacau, parecido com a cafeína e utilizado em medicina como diurético e vasodilatador. {voltar ao topo}
(4) Composto orgânico difuso no reino vegetal, conhecido em diferentes formas isômeras donde derivam muitos nutrientes naturais. {voltar ao topo}
(5) (farm.) (química) Aldeído (c5h402), obtido por cereair, empregado como slvente e para a síntese química, especialmente na indústria farmacéutica, antes chamado furfurol. {voltar ao topo}


[Fechar]

Este site é reativo. Que quer dizer? Tente redimensionar a janela e verá. A disposição da página e sua arquitetura mudarão segundo as dimensões da vista. Em outros termos, tanto faz se você está utilizando um computador de grande tela, um iPhone ou até um Nokia N70. ¡Este site se verá bem sem importar o tamanho da tela!

Hoje em dia um número sempre maior de usuários navega em internet utilizando dispositivos móveis. Não só os sites têm que adaptar-se a qualquer tela, mas têm também que ser ligeiros, dado que o uso de alguns dispositivos comporta conexões lentas ou de pagamento segundo o tráfico enviado e recebido. ¡Tudo o que era velho é novo outra vez! ¡Adeus os sites Flash (que nem se podem ver nos Mac ou nos iPhones) e layout com imagens!

Por tanto, tem sido imprescindível sacrificar a comodidade dos usuários mais conservadores às novas exigências de hoje (basta pensar nos que ainda utilizam velhas versões de Internet Explorer e que são cada dia menos). Tem nascido o conceito de tecnologia líquida. Este site não é como muitos outros que têm uma versão PC e uma versão móvel. Este site só tem uma versão, mas se adapta a qualquer equipamento.

Estamos orgulhosos de anunciar que já o nosso site também tem sido um dos primeiros em ficar prontos para a web 3.0 e vai à linha com o porvir, sendo universalmente compatível. Esperemos que o público goste dele também.


[Fechar]