Logo oficial do site versão móvel

Muira Puama

A Muira Puama é o equivalente natural do sildenafil

A Muira Puama é uma alternativa natural ao Viagra. Contém Sildenafil, o mesmo princípio ativo deste medicamento. É um bom integrador aos ejercícios de desenvolvimento do pênis e aumenta a quantidade de esperma.

Muira Puama, a alternativa natural au Viagra

Esta árvore cresce até a altura de 5 metros e produz flores brancas, parecidas com as do jasmim. Mas são sobretudo sua corteza e suas raizes que se empregam para seus efeitos terapêuticos. A muirapuama é a alternativa ao Viagra, já que seu princípio ativo, la muirapuanina, é parecido com o citrato de sildenafil, que é o princípio ativo que se utiliza para produzir a Viagra.

Conhecida popularmente como a "madeira da potência", esta pequena árvore brasileira foi utilizada durante séculos na América meridional, para combater a impotência e, sobretudo, para aumentar exponencialmente a libido masculina. Fala-se que todos so que tomam o produto obtêm ereções prodigiosas e vontade inesgotável. Suas relações podem durar horar e podem ter muitos orgasmos embora depois de trer esgotado a última gota de esperma. Além disso, a muirapuama contrariamente à Viagra, aumenta a produção disto.

Claro, não podemos acreditar 100% ao que se acredita popularmente, mas buscas recentes demonstraram que essas partes da planta são ricas em ácidos, óleos e outros compostos químicos vegetais, com efeitos benéficos sobre o desejo e a potência. Além da muirapuanina, ainda não se sabe por que estes elementos sejam eficazes, mas parece que algumas destas substâncias tenham efeitos diretos sobre a dopamina (1), a noradrenalina (2) e a serotonina (3), estimulando o nervo terminal genital, ajudando à produção de hormônios sexuais, como a testosterona. Da mesma maneira, a muirapuamina resulta ser alfa-bloqueadora e vasodilatadora.

A muirapuama se conheceu na Europa apenas oa redor do ano 1920. Em 1925 foi publicado um estudo farmacológico que demonstrou sua eficácia no tratamento dos transtornos nervosos, dos problemas da libida e da impotência sexual. Em 1930, alguns experimentos conduzidos na França pelo doutro Rebourgeon confirmaram a eficácia do produto, sobretudo em relação à gastrointestinal e circulatória e também à impotência, embora apenas ultimamente, com a saída da Viagra, se tenha chegado a provas concludentes disto.

A muirapuama foi utilizada na Inglaterra e reconhecida também pela Associação Britânica de Medicinas Naturais, onde está recomendada pelo tratamento da impotência. Por outro lado, no Brasil, apesar de ser utilizada há séculos, foi reconhecida pela medicina oficial só ultimamente e foi integrada na indústria farmacêutica brasileira.

Nos diferentes estudos feitos sobre o produto, deu como resultado que a muirapuama pode melhorar a libido até 85%, aumentar a freqüencia da relação sexual até 100% e garantir a capacidade de manter uma ereção até 90% dos casos.

Contudo, além de influenciar favoravelmente no sexo, a muirapuama se revelou eficaz também no tratamento de outros transtornos, como a astenia, a paralisia, os reumatismos crônicos, a febre, a ataxia, a síndrome pré-menstrual, a depressão, a ansiedade, e a muitos outros poroblemas do sistema nervoso central.

Percorrendo a história como um famos afrodisíaco, a muirapuama demonstrou ser um verdadeiro medicamento natural, tanto milagros quanto a Viagra, mas sem os efeitos secundários desta.

E finalmente, a muirapuama está disponível em cápsulas e em líquido solúvel. Alguns dizem que o produto líquido é mais eficaz que seu equivalente seco, mas é possível encontrá-lo também em sua forma pura, ou seja, em forma de raizes secas e, em tal caso se tomaria como um chá.

As doses indicadas normalmente são de 1,5 gramas diárias ou a terceira parte dum copo, se é tomado como chá. Em todo caso, já que cada fabricante e vendedor pode indicar doses diferentes guie-se sempre pelas indicações dadas como produto para conhecer a boa dose.

Normalmente a muirapuama está disponível na loja de ervas ou online.

==============================
(1) (química) Catecolamina que nos animais superiores desempenha importantes funções de neurotransmissor no sistema nervoso central e cuja carência no homem causa a síndrome de Parkinson. {voltar ao topo}
(2) (química) Catecolamina que age como neurotransmissor do sistema nervoso simpático, precursor da adrenalina na parte medular da glândula supra-renal. Sinónimo: Norepinefrina. {voltar ao topo}
(3) (química) Substância distribuída em todas as espécies do reino animal, com ação antihermorrágica e protetora dos capilares; é um dos mediadores químicos dos processos inflamatórios e um neurotransmissor do sistema nervoso central. {voltar ao topo}


[Fechar]

Este site é reativo. Que quer dizer? Tente redimensionar a janela e verá. A disposição da página e sua arquitetura mudarão segundo as dimensões da vista. Em outros termos, tanto faz se você está utilizando um computador de grande tela, um iPhone ou até um Nokia N70. ¡Este site se verá bem sem importar o tamanho da tela!

Hoje em dia um número sempre maior de usuários navega em internet utilizando dispositivos móveis. Não só os sites têm que adaptar-se a qualquer tela, mas têm também que ser ligeiros, dado que o uso de alguns dispositivos comporta conexões lentas ou de pagamento segundo o tráfico enviado e recebido. ¡Tudo o que era velho é novo outra vez! ¡Adeus os sites Flash (que nem se podem ver nos Mac ou nos iPhones) e layout com imagens!

Por tanto, tem sido imprescindível sacrificar a comodidade dos usuários mais conservadores às novas exigências de hoje (basta pensar nos que ainda utilizam velhas versões de Internet Explorer e que são cada dia menos). Tem nascido o conceito de tecnologia líquida. Este site não é como muitos outros que têm uma versão PC e uma versão móvel. Este site só tem uma versão, mas se adapta a qualquer equipamento.

Estamos orgulhosos de anunciar que já o nosso site também tem sido um dos primeiros em ficar prontos para a web 3.0 e vai à linha com o porvir, sendo universalmente compatível. Esperemos que o público goste dele também.


[Fechar]